TEMA DO ANO: NOVOS COMEÇOS
RUA JAGUARI,61-ISAURA PARENTE
68 32272226
RUA JAGUARI,61-ISAURA PARENTE
6832272226

A consolidação é uma atitude de fé – Parte final

A consolidação é uma atitude de fé – Parte final

A consolidação é um exercício de fé. Assuma sua posição no mundo espiritual e seja, pela fé, consolidado. O Senhor vai estabelecer uma linguagem de fé, que será falada a todo tempo e você se tornará um ímã que atrairá milhares de milhares. As pessoas vão querer andar com você, porque a sua linguagem de fé será uma linguagem totalmente equilibrada, segura, viva e todos reconhecerão que você é um líder de fé.

É muito bom andar com um líder de fé. Toda a linguagem que você fala é estabelecida no reino espiritual. As profecias liberadas no momento da ira são ouvidas na mesma dimensão que as profecias faladas com graça.

Um dia, Eliseu ficou irado e profetizou contra quarenta e duas crianças que o chamaram de calvo. Ele era tão traumatizado com a careca, que amaldiçoou as crianças que foram comidas por duas ursas. Então, a palavra vale independente das circunstâncias.

Davi amaldiçoou o monte Gilboa, o monte mais frutífero que havia em Israel. Mesmo sabendo que seria o próximo a reinar sobre Israel, ele amaldiçoou o monte, por precipitação, ao ficar sabendo que Jônatas e o rei Saul, haviam morrido. Desde aquele dia até ao dia de hoje o monte Gilboa não produz mais fruto.

Isso quer dizer que, se lançarmos uma palavra de maldição sobre um frutífero, podemos torná-lo infrutífero. Mas, também, se lançarmos uma palavra de bênção sobre alguém que não frutifica, essa pessoa pode tornar-se frutífera. E todos os montes que estavam sem frutificar, profetizamos que frutificarão a cem por um.

Na ira, você profetiza, fala e consolida segundo a sua palavra; na crise emocional, você profetiza, fala e consolida, segundo as suas emoções. Por isso, cuidado! Na ira, não profetize; debaixo de emoções, não profetize.

A palavra que lançamos é um decreto no reino do espírito. É por isso que o Senhor vai ressuscitar a sua palavra profética. Quando você disser algo ao seu discípulo, em fé, ele será cem por cento consolidado. Portanto, em nome de Jesus, não abra a sua boca, não profetize sobre alguém alguma coisa na sua precipitação ou ira.

Quando você profetiza, o que foi profetizado é selado no mundo espiritual. Então, debaixo de ira ou de angústia, o melhor é não falar nada. Não libere nenhuma palavra debaixo de emoção perturbada. O que Davi liberou debaixo de sua emoção foi consolidado até o dia de hoje, porque foi uma palavra profética e toda palavra profética é uma palavra que é lançada debaixo de fé.

Geazi usou o nome de Eliseu para usurpar algumas coisas. Muitas pessoas fazem isso, usam o nome de outrem para ganhar dinheiro, prostituindo o que o Senhor tem nos entregado. Geazi disse que Eliseu havia mandado tomar posse dos presentes de Naamã.

E por causa de sua mentira ele ficou leproso. E, não somente ele, mas toda a sua geração também ficou leprosa. Geazi era de Samaria, a cidade mais leprosa de toda a terra. A cura só veio para a descendência de Geazi no dia em que os 10 leprosos se encontraram com Jesus, e porque Jesus era maior que Eliseu, Ele removeu a maldição e eles foram curados.

Precisamos vigiar, porque debaixo de mentira e mau uso do nome, toda palavra liberada encontra pouso. O que falamos acontece. Todo decreto emitido acontece. Tudo o que é feito com fé agrada a Deus, porque na fé há santidade.

A consolidação é um ato de fé, mantido pela linguagem. Na fé estamos consolidados e não usamos a palavra de ira, a palavra emocional, a palavra de tomada de nome. Mas, tudo o que dizemos encontra respaldo no mundo espiritual.

O Senhor hoje nos entrega a unção para a auto-consolidação. E a fé que excede todo o entendimento guardará o nosso coração.

Veja outros
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments