Carregando ...

Altares rejeitados

altar
altar

TEXTO BÁSICO: I Rs 13:1-10

Este texto mostra comportamentos de 2 profetas. O profeta velho e o profeta novo. O profeta novo profetiza que nasceria um filho da casa de Davi, cujo nome era Josias. Sua missão era destruir os altares cujos sacerdotes dos altos queimavam incenso e ossos humanos. Deus deu um sinal: o altar se fendeu e derramou a cinza que havia sobre ele.

O altar fendido quer dizer sacrifício anulado, sem valor. Não tem como sustentar o cordeiro, não tem fogo, apenas cinza. (v3).

Ao clamar contra o altar contaminado, Jeroboão estendeu a mão de sobre o altar, …,(v.4)  a intenção do rei era prender o profeta novo, porém quem estava preso era ele mesmo, preso na idolatria, na mentira, na abominação e achou que estendendo a mão sobre esse altar fendido ia mudar alguma coisa. Mudou sim a sua historia, foi surpreendido quando a viu secar diante de seus olhos em fração de segundos, e não a podia recolher.

O rei Jeroboão quando viu sua mão ressecada, pediu que o profeta novo orasse, ele foi restituído pela oração de um profeta novo. Aprendemos 2 coisas aqui:

  1. Não importa o tempo que serve a Deus, mais o estado que está servindo.
  2. O rei teve a mão restituída, porém o seu coração era o mesmo, mesmas atitudes, construiu 2 altares em Betel e Dã (v.29) para não deixar o povo subir a Jerusalém para sacrificarem ao Deus verdadeiro. Não se sujeitou a autoridade do profeta novo.

Se não nos sujeitarmos ao governo humano, nunca seremos usados por Deus. O profeta estava tentando aproximar o povo de Deus. Esta é a função do líder. Sua obrigação é aproximar como Elias também fez no confronto com os profetas de Baal, (I Rs 18:30 – Chegai-vos a mim…). No Monte Carmelo, no confronto com os profetas de Baal, o povo ficou calado, vazio, sem direção. Por que? O altar estava destruído, igual de Jeroboão.

Elias consertou o altar. Qual altar precisa ser reconstruído na sua vida? Oração, estudo da palavra, pregação da palavra? O altar é lugar de sacrifício. Você esta disposto a sacrificar?

v.7–8 – O profeta novo obedeceu a voz do Senhor. Ele venceu a 1ª. Tentação. Ele era o filho da renúncia. Cristo renunciou o céu pela cruz. Foi para a cruz por amor. Quem foi para a cruz por obrigação foi o ladrão. Hoje da mesma forma, precisamos ir para cruz por amor, ir para cruz é renuncia para realizar o chamado que recebemos para cuidar de vidas. Os que fazem por obrigação, imposição, mandato é o ladrão, roubador de sonhos, de vidas, de alegria. Está mal-intencionado.

I Rs 13:8-9 – nos mostra a importância de obedecer ao chamado. Os filhos do velho profeta viram a atitude do novo profeta, testemunharam o que o novo profeta fez. O velho profeta foi atrás dele, o encontrou debaixo de um carvalho. Podemos até descansar, mas temos que vigiar. (v.14)

   v.15 – Então, lhe disse: Vem comigo a casa e come pão. (convite) O profeta novo já tinha rejeitado a proposta do rei Jeroboão, estava convicto do comando que recebera de Deus.

v.16Sua resposta era de quemparecia decidido no proposito.

v.18O profeta velho era um mentiroso. O que tem de líder e profeta velho mentiroso, enganando o povo, não é brincadeira. Perderam o temor, o respeito.

O profeta velho consegue enganar o profeta novo, de pedra de edificação passou a ser a pedra de tropeço, por que? Porque desobedeceu a Deus. A desobediência gera a morte.

Depois de sentar na mesa, a palavra veio na boca do profeta velho. Na boca de quem? De quem o fez pecar.

v.19 –mostra que fez tudo que o Senhor disse para não fazer. Que voz é mais forte para você, de Deus ou do profeta velho? Do seu líder de célula? Sua apóstola?) o homem nos leva a pecar contra Deus, mesmo que tenha sido um profeta no passado, hoje está fora do proposito de Deus e temos que fazer a leitura correta de quem estamos ouvindo.

v.20 – Onde estavam? Na mesa. A mesa da comunhão, é a mesa do juízo, a mesa da morte.

v.21 – 22 –Já disse a sentença

v.23Depois de o ter feito pecar contra Deus preparou o jumento para ele partir como se nada tivesse acontecido. O profeta novo encontra o leão (v 23-24)

v. 24 – Esse detalhe é muito importante, o leão o matou mais não o estraçalhou. O seu corpo ficou atirado no caminho e o jumento e o leão parados junto ao cadáver. Por que não acabou com tudo? Não estava com fome?

Aquele moço era um profeta. O leão o paralisou, mas não o destruiu. O corpo dele permaneceu atirado no caminho. O corpo do profeta é uma figura da igreja. O leão estava ao lado. Deus vai preservar o corpo, seu povo, porém vai levantar outro que ande com Ele, que obedeça a suas ordens. Deus disse a Samuel: Até quando terás pena de Saul, havendo-o eu rejeitado…? (I Sm 16:1)

O Senhor quer levantar uma geração de novos profetas que ouça a sua voz e não a voz daqueles que já deixaram o Senhor. Não tenha medo de confrontar altares em ruinas. Altar rachado, não têm fogo, só cinzas

Elias disse ao povo que estava amendrontado por Jezabel e Acabe: Aproxime-se de mim. O líder que aproxima o povo de si e de Deus, mostra como Restaurar o altar. O fogo é de Deus, Ele équem vai fazer descer e consumir tudo. O fogo é a confirmação da obra que Ele quer realizar através de você.

Deixe um comentário

Conecte-se com a rede social a qual pertence
  Se inscrever  
Notificação de

Veja outros

All articles loaded
No more articles to load
Agenda da Semana Agenda da Semana
Send this to a friend