Carregando ...

Recuperando a visão

recuperandoavisao
recuperandoavisao

Texto: Mc:10:46-52

          Embora bastante conhecido, a palavra tem se renovado sempre. E mais do que falar de cegueira, precisamos falar de caminhos porque caminho fala de destino. Se queremos chegar em algum lugar temos que fazer a escolha do caminho a seguir. Aqui temos um homem a beira do caminho, Bartimeu, que fez uma escolha de parar a beira do caminho e temos um caminho, Jesus, que era seguido por uma numerosa multidão.

          1- OUVINDO SOBRE JESUS – (Vs:47)

          Bartimeu  foi despertado pelo barulho da multidão e também pela fama que Jesus tinha já na época. Ele fez o que qualquer um de nós faria: fez tudo para chamar a atenção de Jesus.

          Qual o motivo desse moço querer chamar a atenção de Jesus? Você pode ter a resposta óbvia: querer ver. Porem antes de querer ver algo físico, precisamos projetar a imagem do que realmente desejamos para nosso caminho.

          A visão celular nos ensinou desde o princípio que tudo nasce num sonho, depois trazemos a existência no mundo físico. Se não formarmos a imagem do que queremos, se não visualizarmos não conseguiremos conquista-la. 

          É muito vago dizer apenas quero ver. O que você quer realmente ver? Bartimeu queria ver pessoas, coisas, comidas…  e você, o que quer ver? Temos a graça de enxergar pessoas, coisas e comidas, mais não conseguimos ver o caminho que trilhamos, não conseguimos sequer andar nesse caminho como Jesus ensinou ou como a multidão andou atrás dele na época. Temos muitas dificuldades porque muitas coisas ainda nos atraem para não nos deixar percorrer esse caminho e muitas vezes pensamos até que enxergamos, andamos, mas estamos perdidos no caminho.

          II Co 5:7 nos ensina a viver pela fé e não pelo que vemos, apenas com o que você crê. Por isso precisa formar uma imagem do seu destino, do que pretende ser ou fazer. Se veja naquele lugar, enquanto sua visão estiver presa a sua cegueira e impossibilidade de chegar a algum lugar, da dependência de alguém, vai continuar sentado na beira do caminho. Precisa se posicionar. Jesus foi claro para que ele decidisse: Que queres que eu te faça? (v.51)

          É impressionante como estamos sempre querendo que outros façam algo por nós, que oportunidades se abram, que nos deem emprego, que nos ajudem, nos alimentem, que sejamos abençoados… mais Jesus devolveu a bola para Bartimeu: Que  queres que te faça? Que eu torne a ver. (v.51). Está na hora de você começar a falar o que você quer ver.

          O quer você quer ver? A miséria, a ruína, as dívidas, fale o que você quer ver e não o que você esta vendo. Mude seu discurso, veja a mudança dos indivíduos, veja a mudança social de seu estado e nação, veja o poder do evangelho alcançando as vidas, veja o Senhor governando sua vida e comece a falar dessas mudanças. É necessário ver e falar aquilo que acredito. Os olhos físicos de Bartimeu ainda não contemplava nada como o meu e o seu, mais vou falar o que vejo, o que creio. Jesus foi direto: Vai, a tua fé te salvou.(v.52)

          Como assim? Toda mudança em nossa vida não depende dos outros ou de Deus, nós decidimos o que queremos ser, fazer ou ter. Em cima de nossas decisões, começamos a andar em direção a resposta. Jesus simplesmente disse: Vai... saia da posição de espera, da posição de coitadinho, da posição de quem não tem ninguém por nós. Visualiza o caminho e anda na direção dele.

          A tua fé te salvou… – É simples assim: Eu crio a imagem do meu sonho, visualizo primeiro no mundo espiritual, acredito no sonho, e ando na direção dele. Jesus disse vai, vai pra onde? Em direção ao sonho, para isso tem que sair da beira do caminho, tem que ter direção, saber para onde vai e com quem vai. Quando você credibiliza o que os olhos físicos não viram ainda, os olhos da fé conseguem ver.

          Imediatamente tornou a ver – e viu porque obedeceu, a imagem formada foi mais forte do que o que ele ouvia antes. A imaginação de Bartimeu foi ampliada quando viu que uma multidão seguia o caminho certo. Ele então, fez o mesmo, …e seguia a Jesus.
2- RESISTIR OS OPOSITORES. –  Vs:48

            Será uma trajetória fácil? claro que não, haverá opositores, mas não dê ouvidos aos opositores. Bartimeu não se importou com eles, pelo contrário, logo identificou a preciosidade daquela oportunidade, faça como ele aproveite as oportunidades. A oportunidade de Bartimeu foi saber que estava perto de Jesus, logo começou a clamar.

Deixe um comentário

Conecte-se com a rede social a qual pertence
  Se inscrever  
Notificação de

Veja outros

All articles loaded
No more articles to load
Agenda da Semana Agenda da Semana

Send this to a friend