Carregando ...

Igreja no Modelo dos 12 anunciando o Reino e ganhando vidas

compartiendo-el-evangelio
compartiendo-el-evangelio

Texto básico: Jr 33:3

O grande desafio da Igreja de Jesus que adotou o modelo dos 12 é anunciar o Reino. Talvez até você me pergunte: Mais esta é a missão de todas as igrejas e não só no modelo dos 12. Concordo com você, a grande diferença é que a igreja celular anuncia o Reino através de sua própria vida, seu testemunho. O propósito é ganhar vidas, porém se nosso discurso for diferente de nossa vida, não ganhamos, pelo contrário afastamos as vidas do Reino. Ninguém quer um Deus de um mentiroso, de um prostituto, de um mau caráter…

Davi, no Salmo 19: 1 diz: Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. A própria natureza de Deus se encarrega de anunciar suas obras, o que o Senhor está dizendo é que Ele tem coisas grandes para nos dizer mais o maior objetivo de sabermos destas coisas é para que At 4:31 se torne uma realidade em nós, anunciar a palavra de Deus.

O que está faltando a igreja de Jesus nestes últimos dias é exatamente isso, começar a orar. A oração faz tremer o lugar, a oração faz o povo ficar reunido, a querer mais, a oração nos leva a ficar cheios do Espírito Santo, a oração nos enche de intrepidez, a oração nos dá ousadia para anunciar a palavra de Deus, e hoje, Deus está querendo que você saiba que Ele tem coisas grandes para te anunciar, ele tem coisas grandes para realizar através de você, seu ministério não será um ministério raquítico, pelo contrário, você será cheio do Espírito Santo.

Em Atos dos apóstolos depois da descida do Espírito Santo a vida daqueles discípulos nunca mais foram as mesmas, Pedro foi logo levantado e anunciava a palavra com intrepidez e em seu primeiro discurso quase 3 mil almas foram acrescentadas (At 2:41).

A igreja de Jesus não só passou a ter uma palavra de ousadia, intrepidez, mais os sinais, as curas começaram a acontecer, milagres extraordinários, os coxos começaram a correr templo a dentro maravilhados de ver vida em suas pernas mortas, ah! Irmãos vocês vão começar a viver uma nova história em suas vidas quando o poder começar a fluir através de vocês.

Esta unção é tão tremenda que nos desperta a aproveitar oportunidades. Felipe cheio de Deus, ouviu a sua voz o direcionando: At 8:26 – …dispõe-te e vai para o lado do Sul, … Ele levantou e foi. Que recado estranho foi este que Felipe recebeu? Como Deus pôde mandar um homem cheio do Espírito Santo para um lugar deserto? Ele poderia ter questionado, o que vou fazer ali? Tenho muita coisa para falar, vou falar pra quem? Acho que o Senhor se equivocou. Achamos sempre que precisamos de um grande auditório, queremos aplausos, multidões, mais antes disso o Senhor testa nossa obediência. Felipe levantou e foi sem questionar. Mesmo não sabendo o que iria fazer.

Naquele deserto havia uma alma, apenas uma alma. Mais esta alma precisava de Jesus. A palavra diz que uma alma vale mais que o mundo inteiro. Aquele eunuco era extremamente precioso aos olhos de Deus. Ele tinha vindo adorar em Jerusalém e estava voltando pra casa, era de Candace, rainha dos etíopes. Embora estivesse adorando em Jerusalém, ele não tinha encontrado o Senhor de Jerusalém, não tinha tido nenhum experiência de novo nascimento. Enquanto lia o livro do profeta Isaías, o Espírito disse para Felipe o que ele realmente foi fazer naquele deserto. Aproxima-te desse carro e acompanha-o. (v.28). Felipe aproveitou a oportunidade e anunciou a Jesus. O que aprendemos com ele:

  1. Obediência agrada o rei – Et 6:6
  2. O deserto é lugar de milagres –

Exemplos:

  • O mar se abriu para o povo de Israel passar em seco (Ex 14:21
  • As águas amargas tornam-se doces (Ex 15:22-25)
  • O maná enviado pelo Senhor (Ex 16:4
  • a água da rocha em Refidim (Ex 17:1-7)
  • Elias alimentado no deserto pelo Senhor (I Rs 19:6-8)

3. A ousadia para anunciar o reino trás salvação. (v. 35-36)


Quando você começa a anunciar o reino, a consequência natural são vidas se rendendo aos pés do Senhor Jesus. Rm 10:14-15

As pessoas não vão conhecer Jesus se você não se posicionar como instrumento de Deus. Eles precisam de uma voz, João Batista era uma voz clamando no deserto, a sua voz precisa ser ouvida ainda que seja no deserto, haverá um eunuco por lá esperando por você para trazer esclarecimentos, trazer luz as suas trevas, a sua ignorância acerca de Deus.

A palavra diz que são formosos os pés dos que anunciam as coisas boas, você não deve anunciar qualquer coisa, e sim coisas boas. A formosura não está na beleza física dos pés, mais naquilo que está sendo plantado a cada passo, a cada pisada, sementes estão sendo lançadas e a palavra nos garante que onde pisar a planta do teu pé Ele te dará. Como você vai tomar posse de alguma coisa se não se dispõe a sair, a andar, não ousa pisar no território que quer tomar posse. Seus pés, sua voz, são os instrumentos que o Senhor precisa para ganhar esta geração, marche firme, não tenha joelhos trementes, pés vacilantes, medrosos, assustados, a cada passo a voz ecoa, e este som retumba no mundo espiritual: o Redentor vive, Ele reina e Ele está voltando.

Deixe um comentário

Conecte-se com a rede social a qual pertence
  Se inscrever  
Notificação de

Veja outros

  • Estudos para as células
A Salvação
All articles loaded
No more articles to load
Agenda da Semana Agenda da Semana

Send this to a friend