Taking too long? Close loading screen.

Olhando para o mar

0

Texto básico: Ex 14:2

Estamos vivendo dias em que o medo, a insegurança, a incerteza toma conta dos corações. Hoje quero falar sobre luta. Como lutar? Que armas usar? A Bíblia é nosso manual de orientação, veja o que ela diz. Em Êxodo 13:17 conta o que Deus fez quando o povo de Israel saiu do Egito.

Observe que o texto diz que Deus não os levou para o caminho mais curto, porque o povo precisava passar por um adestramento, adestramento de guerra. Eles eram homens simples, antes de irem para o Egito eram pastores de ovelhas, não tinham habilidades com armas. Deus não seria louco em colocá-los em um confronto com outras nações sem que eles tivessem noção de guerra, de estratégias, de luta, todas estas coisas precisam ser aprendidas, treinados, senão no primeiro embate viria a desistência, o medo tomaria conta de seus corações e os traria de volta para o Egito.

Por isso Deus, decidiu poupar o povo, sua posição era que o povo não desistisse por causa da dificuldade, pelo contrário, decidiu primeiro lhes ensinar. Quando vamos guerrear precisamos de treino.
Observamos que as vezes a desistência vem no coração do discípulo quando sai do Egito:

  1. Querem lutar sozinhos – Saíram de uma vida tumultuada (do Egito) e quando começaram sua nova vida em liberdade, fora do jugo da servidão onde faziam tudo que Satanás queria e mandava, entra numa trajetória de achar que são auto-suficientes, que já sabem o que fazer e que tem condições de voltar ao Egito para buscar os perdidos que lá estão. Não são adestrados, não são consolidados, não firmam os princípios, não conhecem o poder da palavra e como utilizar-la, enfim não sabem o que tem disponíveis e por conta disso entra na desistência.
    O que precisamos aprender sobre isso? Agora, tudo é novo em minha vida, preciso de alguém para me ensinar, me conduzir dentro deste deserto, eu não posso escolher os caminhos, os meios, os métodos mais curtos para alcançar Deus, não dá certo. Por essa razão é fundamental para que a desistência não entre no coração do discípulo o segundo passo.
  2. Ter um líder – Todo aquele povo não tinha condições de caminhar naquele deserto sem a direção de um líder. Deus colocou o modelo para que pudéssemos seguir. Ele levantou Moises e Arão para conduzir o povo. O líder tem um papel importantíssimo na vida dos discípulos, orientação, exortação, derramamento de unção, libertação… O líder não tem o objetivo de intrometer-se na sua vida, e sim, tratar o seu caráter para que você ande em santidade na presença de Deus e gere outras vidas curadas, santas, redimidas diante dEle.
    Deus sabe que a tendência do povo é recuar, voltar para fugir das dificuldades encontradas, por isso não os levou pelo caminho mais perto. O líder entra nesta hora em que você começa a achar que o caminho está longo demais, que as bênçãos estão demorando demais, que sua vida não esta mudando em nada, será mesmo que NADA está acontecendo contigo?
    Quando você estiver em lutas, saiba que esse é o seu adestramento como guerreiro (a) de Deus, não pense em retroceder, avance.
    No capítulo 14 diz que o Senhor falou a Moisés (v.2):
    “Diga aos israelitas que mudem o …. Acampem à beira mar…” Que comando foi esse? Deus queria que o povo voltasse e se acampasse junto ao mar. Parecia incoerência de Deus, mandar que aquela multidão se acampasse junto ao mar. Parecia o fim da linha, na cabeça daqueles judeus passava o mesmo que passa na nossa cabeça, para onde vamos, só vemos o mar à frente. Em muitas ocasiões parece que não enxergamos alternativas, porque no nosso entendimento não passa a idéia de que o mar possa se abrir para passarmos. Mais na nossa cabeça é uma imensidão de águas onde não podemos conter e a própria palavra nos confronta sobre isso: Em Pv 30: 4 – Não temos como conter as águas, não temos como conter nossa ansiedade em ver soluções rápidas, por isso o Senhor nos manda ir em direção ao mar. Porque devo olhar para o mar, se atrás de mim estão os meus inimigos querendo me destruir, se estou envolvida com tantos conflitos?
    Olhar para o mar não é para entrar em desespero como se fosse o fim da linha, mas é para que possamos contemplar a grandeza daquele que vai fazer o milagre,
    Olhar para o mar é ver o tamanho daquele que vai responder de forma surpreendente. Não nos métodos tradicionais, da maneira certa, mas Ele estará abrindo nossos olhos para ter a nossa primeira experiência sobrenatural.
    Recebemos de Jesus uma ordem em Mt 28:19 – ide…
    Que ordem é essa? Jesus está dando o mesmo comando que Deus deu para os israelitas, ande em direção ao mar. Mar é uma figura de multidões, a ordem é ide, (acampem junto ao mar), faça discípulos, faça o que eu fiz, pregue a palavra, ministra cura, libertação, ensine-os a observar todas as coisas que eu vos tenho falado.
    Você não irá sozinho, No v. 4 diz que o Senhor endureceu o coração de Faraó, para que perseguisse o povo e nisso Ele seria glorificado. Quando decidimos ser fiéis a Ele, estamos provocando o inferno, cutucando o diabo, então não espere que ele fique de braços cruzados, ele virá para o confronto contigo, virá para a luta, virá a perseguição, mas saiba de uma coisa, Deus disse para Moisés, serei glorificado em Faraó, Ele está dizendo a você, serei glorificado nesta guerra, saberão os egípcios que eu sou o Senhor. Eles obedeceram. Eis o segredo: a obediência.

Deixe uma resposta