Joel, o profeta que anunciou o Espírito Santo!

Joel 1:1-3
“Que desastre”, deve ter dito o povo, ao ver a destruição. Segundo Joel 1:4, gafanhotos atacaram as plantações e devastaram tudo. O que o gafanhoto cortador deixou, o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto peregrino deixou, o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou, o gafanhoto devorador comeu.
O que fazer diante daquela praga terrível? Joel aproveitou o momento para advertir Israel.
O profeta fez o povo refletir sobre suas atitudes e levou mensagens de arrependimento aos pecadores. Ele mostrou como o julgamento daqueles que insistissem em andar longe de Deus seria bem pior que a praga dos gafanhotos.
Joel mostrou que era hora de pedir a Deus socorro, misericórdia e restauração. Ele pregou também uma mensagem de julgamento aos ímpios e de esperança aos que se voltassem para Deus: o dia do Senhor virá, e trará castigo aos injustos e restauração e bênçãos aos que ficarem firmes no caminho do Senhor.
Calamidades sempre acontecerão. Aquela praga alertou o povo quanto aos seus erros e nos ensina, hoje, como podemos relacionar-nos com Deus em tempos de crise ou quando pecamos.
Arrependimento – devemos reconhecer nossas limitações e nossas falhas. Deus quer que rasguemos nosso coração (Joel 2:12,13).
Pedir socorro – é sempre o melhor a fazer! Em vez do desespero, devemos pedir ajuda ao Senhor (Joel 2: 12b, 14).
Reagir com fé e esperança – nem tudo está perdido! Depois da dificuldade e da ajuda de Deus devemos crer que, talvez, tudo ficará até melhor do que antes (Joel 2: 18, 19)!
Deus fez promessas aos arrependidos e aos de coração humilde: restituir tudo o que fora perdido (Joel 2:25) e derramar de Seu Espírito (Joel 2:28)! No dia de Pentecostes essa promessa se cumpriu (Atos 2:1-21), mas ela também vale para nós! Podemos experimentar o derramar do Espírito, ter experiências pessoais com Deus, caminhar dia a dia em Sua presença e realizar a Sua vontade em meio a um povo perdido e carente da Palavra do Senhor.
O dia do Senhor, promessa feita por Deus ao Seu povo, traz mensagens para os injustos e para os justos. A intenção de Deus é que haja arrependimento e retorno à Sua vontade, que é boa, perfeita e agradável.
Deus faz várias promessas de bênçãos àqueles que se arrependem e voltam ao caminho certo. Que caminho você vai escolher? O do céu ou o da condenação, que o deixa longe do Pai? Veja as promessas do Senhor em Joel 3:17-21:
Só o Senhor é Deus (v 17)! Ele pode e quer nos salvar. Além disso, Ele quer reinar em nossa vida!
O Senhor nos sustenta (v 18). Deus sempre promete suprir as necessidades do Seu povo. A sua fartura nos faz viver em paz nesse mundo caótico.
O Senhor habita em Sião, com Seu povo (v. 21). A presença de Deus nos fortalece e nos anima na caminhada.
Joel traz inúmeras promessas aos que buscam obedecer a Deus. O que Ele mais deseja é quebrantamento e sinceridade (Joel 2:12,13). Assim, Seu plano pode ser cumprido em nossa vida e por nosso intermédio.

Deixe um comentário

Conecte-se com a rede social a qual pertence
  Se inscrever  
Notificação de

Veja outros

  • Estudos para as crianças
Sem conexão
All articles loaded
No more articles to load
Agenda da Semana Agenda da Semana