Taking too long? Close loading screen.

Gerras não vencidas

0

Texto básico: 2 Sm 24:24-25
Davi foi um tremendo guerreiro, enfrentou muitos inimigos, teve grandes conquistas. Embora colecionasse vitórias, Davi enfrentou uma guerra que todos nós enfrentamos e nem sempre somos bem sucedidos.

Dois anos depois que saíram do Egito, Deus falou a Moisés: Levantai o censo de toda a
congregação dos filhos de Israel…
O que havia de errado nisso se o comando foi dado por Deus? A finalidade do censo. Nm 26:2 – A
finalidade do censo era fazer o recrutamento dos homens hábeis para a guerra.
Nesse momento da história, Israel estava em paz, logo não se tinha necessidade de contar soldados.
O pecado de Davi foi o “orgulho” a “vaidade” ou a ambição para se vangloriar pelo tamanho o seu
exército, do seu poder, de suas forças e defesas. Ao fazê-lo, Davi colocou sua fé no tamanho do seu exército
e não na capacidade que Deus tem de protege-los. Deus manda o profeta Gade (v.13) ter com ele, trazendo
3 tipos de punições, dando a livre escolha. Davi tinha que escolher entre: Enfermidades (Dt 28:20-22);
Fome (Dt 28: 23-24); Guerras (Dt 28:25-26)
Davi se viu extremamente angustiado, mas decidiu cair nas mãos do Senhor e não nas mãos de
seus inimigos, confiando nas misericórdias de Deus.
Jerusalém é a menina dos olhos de Deus. Deus não tem prazer nenhum em destruir seu povo, sua
cidade amada. Somos a Jerusalém de Deus. O que é necessário para não sermos destruídos?
Arrependimento. O arrependimento é exatamente para nos manter protegidos das pestes, das
enfermidades e das guerras.
A guerra interior que Davi travava, estava sendo perdida. Quando ele decidiu levantar um altar e
oferecer um sacrifício ao Senhor. Mesmo sendo tentado a receber de graça o terreno e os bois para o
sacrifício, sua resposta foi firme a Araúna:v.24 – Não, mas eu to comprarei pelo devido preço, porque
não oferecerei ao Senhor, meu Deus, holocausto que não me custem nada…
Podemos tirar muitas lições desse fato.

  1. Vencemos muitos inimigos externos e somos derrotados muitas vezes pelos inimigos
    internos. Nossos sentimentos são atacados e diversas vezes temos dificuldade de lidar com eles.
  2. Atitude errada do líder trás morte aos liderados – o cuidado com nossas atitudes, palavras
    porque elas produzem morte ou vida. No caso de Davi, morreram 70 mil homens.
  3. As alternativas de Deus – talvez você esteja vivendo isso é nem percebe, mais deixa eu te mostrar
  • Fome – 7 anos – esse número não precisa ser literal porque para Deus 1 ano é como 1000, e no
    Salmos 90:10 esta escrito que os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigo, a
    oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado… esse é o tempo que muitos vivem sem ler a
    palavra de Deus, olha para a palavra e tenta lê mas não consegue, não entende. A palavra esta como que
    selada e não consegue entender coisa alguma.
  • Perseguição dos inimigos – 3 meses – É a perseguição dos inimigos que querem te destruir.
    São espíritos atormentadores, ataca suas emoções e sentimentos.
  • enfermidades – 3 dias – podem ser físicas – que o corpo não reage, não tem mais disposição
    para nada.
    Mesmo Davi escolhendo o de menos tempo, o estrago foi grande no meio do povo de Israel.
  1. Tomar atitude para interromper a praga – oferecer um altar com sacrifício ao Senhor. A oferta
    tem que ser de seu tesouro particular. O que tem dentro de você, a renuncia daquilo que te
    custe. Temos que entender isso. Não há maldição sem causa. Se erramos temos que corrigir nossos
    erros com arrependimento, reparo dos erros, seja pedido de perdão ou trazendo uma oferta a Deus
    de remissão. V.17 – Davi sabia que tinha errado.
  2. O lugar onde vou levar minha oferta – Davi estava no mesmo lugar onde o anjo veio destruir
    Jerusalém, e era exatamente ali que ele deveria reparar o seu erro. Não adianta empurrar com a
    barriga os erros achando que o tempo vai resolver, o tempo só adia mas não resolve. Davi decidiu
    corrigir seus erros exatamente onde ele foi comedido, ele estava em Jerusalém quando deu
    o comando do censo, ele estava em Jerusalém quando vieram as noticias de morte do povo
    em todo território nacional. Era exatamente aquele o lugar para reparar o erro.
  • Aquele lugar, na eira de Araúna, foi o lugar onde Abraão foi para sacrificar seu filho Isaque e ali
    teve o livramento.
  • Davi estava no lugar onde anos depois de sua morte, seu filho Salomão construiu o templo
    maravilhoso.
  • Foi o mesmo lugar onde séculos depois Jesus pregava para multidões. Aquele era o lugar ideal para
    reparar seus erros.
  1. O coração arrependido reconhece o Messias como Senhor de sua vida – aquele lugar se tornou
    um marco de transformação: – sacrifício perfeito – gerou salvação para servirmos ao Senhor.- aquele
    lugar se tornou o templo de Salomão – seu corpo precisa se tornou o lugar do santuário do Senhor. –
    lugar de pregação de Cristo para conquista de multidões – lugar de conquista de território, avivamento
    para transformar vidas
    Há um lugar onde você deve sacrificar. Valorize essa parte da sua historia para remover toda praga em
    sua vida.

Deixe uma resposta