Taking too long? Close loading screen.

Tempo de restauração

0

Ezequiel 37:1-2

O livro de Ezequiel prediz o reavivamento político e espiritual de Israel. Os ossos secos
representam um exército morto em combate – como uma descrição da situação desesperadora que
aquela nação estava vivendo. E você, o que perdeu durante o combate ou o que morreu de seus
sonhos? O que pode estar lhe deixando desesperado? Lembre-se que a mão do Senhor está sobre
você. Isso mostra que Deus está no controle de tudo, inclusive permitindo que você enxergue a
situação da forma como está.

1. DEUS PODE MUDAR TUDO (Vs.3,4)

Os ossos já estavam secos, isso demonstra que já havia passado algum tempo após a morte
daquelas pessoas. Muitas vezes estamos diante de problemas assim, que já caminham conosco
por muitos anos e parece que não serão resolvidos. No contexto da Palavra, os ossos
representavam a nação de Israel desesperada e desamparada.

Talvez você sinta que sua vida está bem parecida com o vale de ossos secos. A sua situação
pode estar tão ruim que você já não tem esperança de que uma mudança aconteça. Mas Deus tem
uma solução para cada um dos nossos problemas.

Deus perguntou a opinião do profeta em relação à situação. Diante da pergunta o profeta não
respondeu apresentando a dificuldade, Ele escolheu exaltar os atributos de Deus – Deus é
Soberano; Só o Senhor sabe tudo.

2. A NOSSA CONFISSÃO DEFINE O QUE ACONTECERÁ CONOSCO (Vs.5-7)

A nossa boca precisa liberar palavras que estão alinhadas com o que Deus diz que fará. Quando
o profeta ousou ser obediente ao comando sem questionar o que o Senhor estava fazendo, ele pode
testemunhar o milagre. A questão é que muitas vezes estamos deixando sair de nossos lábios
palavras de murmuração e de incredulidade e com isso ferimos o coração de Deus e atraímos a
Sua fúria ao invés de Seu favor.

À medida em que a Palavra ia sendo liberada o moço pode ouvir o barulho dos ossos se
movimentando e indo ao encontro de outros ossos que faziam parte do mesmo corpo. Assim será
com conosco: Deus tem preparado um tempo de restituição, onde tudo aquilo que faz parte de nós
ou de nosso patrimônio será encaminhado até a nossa direção.

A forma como Deus trabalhou nos mostra que a restauração acontece por etapas. Cada fase
listada – a dos ossos se juntando aos seus ossos, o surgimento dos tendões e músculos até chegar
na pele – representa um momento de reparo onde a pessoa passa por curas que o Senhor vai
processando em sua história de vida. São situações onde o Eterno vai tratar o caráter, as emoções,
gerar libertação de visitações demoníacas, apegos e até crenças limitadoras.

Mas é importante saber que a restauração não acontece somente pela palavra liberada pelo
profeta sobre o caos, pois toda palavra profética só se cumpre se ela for seguida de uma atitude
daquele que a recebe. Nós já ouvimos muitos decretos proféticos, mas se não tomarmos nenhuma
atitude em relação a eles, nenhum se cumprirá em nossas vidas. Não adianta culpar Deus, a culpa
é nossa que não caminhamos em direção àquilo que nos foi prometido.

3. DEUS FARÁ A OBRA COMPLETA (Vs.9)

Muitas vezes quando nos deparamos diante de situações de caos nos posicionamos e
profetizamos, mas aos primeiros sinais de milagre já deixamos o assunto de lado – como se a obra
já estivesse completa. O profeta viu o milagre – os ossos passaram a ser corpos, mas eles ainda
não tinham vida. Esse ainda não era o momento de parar de profetizar. Deus orientou o profeta para
que continuasse profetizando até que tivessem vida (vs.10).

A postura de Ezequiel diante da situação que precisava ser transformada fez toda a diferença.
Ele profetizou o que o Senhor disse. E você, o que tem dito diante das situações de sua vida que
precisam de transformação? Aprenda a confessar a Palavra de Deus e anular a ação maligna contra
a sua vida e geografia. Não fale o que você sente, declare as promessas do Todo-Poderoso para
sua vida.

Deus quer hoje estar com você no meio de suas adversidades; Ele quer se revelar como aquele
que é o Todo-Poderoso, que pode resolver qualquer coisa para você e por seu intermédio, mas,
maior que isso, o desejo dele é ser o Seu Pai, lhe dar o fôlego de vida eterna (Rm.10:9-10).

Deixe uma resposta