Taking too long? Close loading screen.

Andando com Deus

0

Genesis 5:21-24

A Bíblia conta a história de Enoque, um homem que andou com Deus tão intimamente, que o Senhor o levou para o céu, mesmo sem ele ter morrido.

O mundo havia perdido todo atrativo para Enoque. Ele viveu em uma época espiritualmente corrompida: a era antediluviana (antes da chuva que caiu nos tempos de Noé). Foi um período de aflições para quem buscava santidade, e certamente ele enfrentou muitas, pois se dispôs a andar com o Senhor mesmo em meio a tanta rebeldia.

Ninguém que serve a Deus fielmente tem prazer em participar de uma sociedade tão pecaminosa. Por outro lado, nenhuma circunstância, por mais difícil que seja, é capaz de impedir uma pessoa de servir ao Senhor e de ser fiel a Ele (Hebreus 11:33-38). Enoque não somente viveu consciente de quem Deus é, mas também percebeu que poderia aproximar-se dele a ponto de estabelecer um relacionamento profundo e ter Sua companhia para sempre.

Enoque andou com Deus (Genesis 5:24)! Essa frase simples e curta revela como era o caráter do filho de Jarede. Ele era um homem fiel e temente. Na realidade, essa é uma das maiores referências que se pode fazer a alguém que crê no Senhor!

Quando iniciamos um relacionamento com determinada pessoa, desenvolvemos afinidades com ela. Aos poucos, acabamos imitando seus valores e hábitos; e isso pode afetar diretamente a nossa postura, a nossa linguagem e o nosso comportamento.

Segundo o relato bíblico, embora um grande número de pessoas tenha vivido em comunhão com o Senhor, a expressão andar com Deus é usada apenas para Enoque e Noé (Genesis 5:22; 6:9). Alguns estudiosos da Bíblia declaram que essa expressão (andar com Deus) significa possuir uma intima comunhão, e indica uma convivência de duas pessoas bem próximas. É maravilhoso pensar isso a respeito de Noé e de Enoque.

Na pequena carta escrita por Judas, foi reservado um espaço para ele mencionar Enoque como um profeta (Judas 1:14). A profecia de Enoque estava diretamente ligada à nossa salvação, ou seja, ao retorno de Jesus para resgatar Sua Igreja (nós).

É possível que o filho de Jarede também tenha sido um pregador, levando palavras de arrependimento e de mudança de vida aos que viviam em sua época. Provavelmente, ele alertou a todos sobre o juízo divino que viria sobre os pecadores.

A volta de Jesus é um tema muito importante para o cristão, pois nos faz lembrar de que, um dia estaremos no céu com o nosso Salvador. Mas o que Enoque tem a ver com isso? A resposta é: tudo! Depois que o Senhor o tomou Enoque para si, Ele inundou a terra com as águas de um diluvio por causa do grande pecado que havia sobre a humanidade. Tudo isso nos serve de exemplo para o grande dia em que o Senhor nos levará para morar com Ele.

Deixe uma resposta