Shavuot – A Festa de Pentecostes

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
shavuot
shavuot

Atos 2:1-13

A Festa da Colheita é a festa das primícias, da sega, uma festa que fala da prosperidade, da colheita daquilo que foi semeado. A palavra em hebraico para esta festa é Shavuot, que significa sete semanas. Ao final da colheita do cereal, eram feitas entregas das chamadas primícias ou a entrega dos primeiros frutos (Êxodo 23:16).

A Festa passou também a ser chamada de Festa de Pentecostes, porque é realizada 50 dias depois da Páscoa. E, foi exatamente depois da Páscoa, quando o Senhor Jesus morreu e ressuscitou, que Ele ficou com Seus discípulos por sete semanas (Atos 1:3). Jesus ministrou aos Seus discípulos e lhes deu a promessa de que eles não ficariam sozinhos nem órfãos.

Ao ascender aos Céus, Jesus ordenou que os discípulos ficassem em Jerusalém até que do alto fossem revestidos de poder. “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra” (Atos 1:8).

Exatamente na Festa da Colheita, quando os discípulos estavam reunidos no Cenáculo, veio sobre eles um vento impetuoso e línguas como labaredas de fogo e eles receberam o Espírito Santo. “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; e de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (Atos 2:1-4)

Então, na visão neo-testamentária, Pentecoste é a descida do Espírito Santo. Foi a inauguração do ministério do Espírito, o qual veio para dar consciência missiológica à Igreja. Naquele dia, mais de 3.000 pessoas se converteram e levaram o Evangelho para suas cidades de origem.

Jesus é o trigo que caiu na terra, morreu e não ficou só, mas gerou uma grande colheita. “Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto” (João 12:24). Naquele dia de Pentecostes, os primeiros frutos do penoso trabalho de Jesus foram entregues ao Pai.

A Festa da Colheita, a Festa de Pentecostes é o enchimento do Espírito para cumprimento de um propósito: converter o pecador aos pés do Senhor Jesus Cristo.

Pentecoste fala de poder, de uma autoridade que não é humana, mas divina, que reveste o homem com o poder do alto e o leva a gerar uma grande colheita, apresentando com alegria seus frutos ao Senhor. Que nestes dias, o Senhor o abençoe e que venha sobre sua vida e ministério o poder do Espírito Santo e você possa experimentar uma grande colheita de vidas para o Reino de Deus. É tempo de celebrar, pois os Céus estão abertos para o novo de Deus ser derramado em nós.

Chag Shavout!
Feliz Festa da Colheita!

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend