Taking too long? Close loading screen.

O perdão traz alegria

0

O coração em paz dá vida ao corpo, mas a inveja apodrece os ossos” (Provérbios 14:30)

Quem já ouviu aquela frase “a inveja mata”? Pois é… a inveja destrói, mas o perdão cura! E é sobre isso que vamos aprender hoje, através da vida de José.

José era um jovem muito sonhador, e também o filho preferido de Jacó, por isso seus irmãos o odiavam. Mesmo sendo o mais novo, Jacó tratava José como se fosse o primogênito, pois ele era filho de Raquel (a mulher que Jacó amava). Certa vez, Jacó fez-lhe uma túnica colorida, e isso gerou ira e muita inveja no coração dos seus irmãos, porque eles não recebiam o mesmo tratamento do pai.

Um dia, quando os filhos de Jacó foram ao campo para apascentar o rebanho, Jacó mandou que José fosse até eles, para ver como estavam. Mas quando os irmãos viram que José vinha sozinho, trataram de armar um plano para se livrar dele. Pensaram até em mata-lo, mas acabaram resolvendo por vende-lo a uma caravana que passava. Mataram um animal selvagem, com o sangue melaram a túnica colorida de José, e inventaram para o pai que ele tinha sido morto.

Essa história de José fala muito conosco. Muitas vezes agimos como os irmãos de José, ficamos com raiva e com inveja em nosso coração porque os outros possuem o que nós queremos, ou por achar que eles não merecem o que tem… Assim é a inveja. Sempre vem motivada por uma sensação de injustiça ou pela baixa autoestima.

Mas a história de José não parou por aí… Aquela caravana vendeu José no Egito e, os anos se passaram, muita coisa aconteceu, e José tornou-se governador do Egito. Deus lhe deu sabedoria e lhe direcionou para fazer o que era preciso, e assim, eles tinham suprimento em abundância. Isso foi extremamente necessário quando a fome chegou à terra.

Havia fome em todo lugar, e Jacó enviou seus filhos até o Egito, a fim de buscarem alimento. A grande surpresa foi eles encontrarem José agora numa posição de honra, bem, feliz, com família, alimentando o mundo inteiro. Depois de se revelar a eles (porque eles não o reconheceram), José os perdoou, e lhes deu uma área nobre para que eles pudessem morar ali no Egito, perto dele também.

Mesmo com toda inveja, José os perdoou, e isso trouxe alegria ao coração do seu pai Jacó. Com certeza não foi fácil, mas José conseguiu se superar e vencer. Assim também, todos nós passamos (ou vamos passar) por situações negativas, mas o que vence a inveja e todos os outros males é o perdão. Quando nós decidimos perdoar, nós trazemos alegria ao coração do Pai Celestial, e paz ao nosso próprio coração.

Não dê lugar à inveja, a ira, ou a outros sentimentos ruins dentro de você! Mas encha o seu coração de amor e perdão, para que você tenha paz!

Deixe uma resposta