Carregando ...

Mudando a Mentalidade

mudancadementalidade
mudancadementalidade

João 5:2-5

A Palavra de Deus é para ser lida como se fosse uma lente por onde pudéssemos ver a nossa própria vida. Neste texto vemos a história de uma pessoa cujo nome não foi citado, um homem que estava há trinta e oito anos em uma condição de paralisia.

Se observarmos bem o texto, veremos que na situação daquele homem mais grave que a paralisia física é a “paralisia” mental. Muitas vezes estamos com problemas na área financeira, nas relações profissionais e, principalmente, no relacionamento familiar por conta de não termos ampliado a nossa mente, a nossa visão. Esse homem nos mostra alguns aspectos de sua mentalidade:

1) Mentalidade da impossibilidade (Jo.5:5).

Trinta e oito anos é um tempo expressivo para alguém viver o mesmo problema, sobretudo sem poder se movimentar. A questão é que, muitos estão paralisados não pelo fato de ter uma limitação física, mas por estarem fazendo associações equivocadas – relacionando mais dor ao ato de fazer o que precisa ser feito do que à perda da oportunidade.

A impossibilidade gera desconcerto, incompreensão, raiva, desconsolo, choro e até barreira social. Mc.9:23 – “E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê”.

2) Mentalidade da dependência (Jo.5:6-7a)

É muito fácil compreender que uma pessoa com deficiência na mobilidade, que passa a vida toda recebendo a ajuda de outras pessoas continue se vendo com esta necessidade. Mas como compreender que uma pessoa que tem todas as condições para ser livre, para avançar, permaneça imóvel diante da vida, enxergando somente as limitações?

Tg.1:6-8 – Cada pessoa é a fonte de sua própria mudança.

3) Mentalidade da transferência de culpa (Jo.5:7b)

A mente daquele homem lhe dizia que ele só permanecia paralítico porque ninguém tinha interesse em ajudá-lo, alimentando um sentimento de rejeição por parte dos demais. O que ele não conseguia perceber é que todos que se encontravam à beira daquele tanque também estavam ali por terem a mesma necessidade que ele. Em nenhum momento este paralítico se coloca no lugar dos outros, se mostra sensível às necessidades dos que estão ao seu derredor. Para ele o mais importante era ter o seu problema sanado.

Geralmente agimos como este moço, achando que a bênção é nossa simplesmente por desejarmos ou precisarmos dela, e com isso ficamos paralisados no tempo, nos auto sabotando.

4) Renovar a mente para viver a cura (Rm.12:2)

O enfermo encontrava-se no espaço, porém, permanecia imóvel, esperando que o sobrenatural acontecesse. Mas o lugar não era a garantia da cura. A atitude que se adotava, estando no lugar é que levava à mudança de situação.

Temos uma tendência de sempre olhar para as nossas circunstâncias e perceber o que está em primeiro plano, mais perto de nós – e que inicialmente indica que não teremos acesso à mudança em nossas vidas.

Sl.121:1-2 – Deus quer que vejamos além das circunstâncias. Muitas vezes estamos tão envolvidos com nossos problemas que não observamos nosso entorno e não percebemos que existem outras possibilidades de solução.

5) Resultados da mente transformada (Jo.5:8)

O homem esperava obter sua cura por meio de um tanque que ele não conseguia se aproximar, no entanto, o autor da cura foi ao seu encontro e lhe deu novos comandos.

5.1) Cura física – Jo.5:9a “Logo aquele homem ficou são (…)”
5.2) Novas experiências – Jo.5:9b – “(…) e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado”.
5.3) Vida de santificação – Jo.5:14

A obra do Senhor em nossas vidas é completa, se lhe deixamos agir. Ele tem uma nova história para cada um de nós e nos dá o mesmo ensino que deu ao homem que foi curado no Tanque de Betesda – não voltar às velhas posturas, para não ter que experimentar coisas piores (Mt.12:43-45).

O mesmo comando que Jesus deu para o homem paralítico é o que Ele nos dá. Não se permita ficar por mais tempo na condição em que você se encontra, avalie seus conceitos, mude de mentalidade e avance para a conquista sabendo que Deus já providenciou tudo para que tenhamos cura.

Mas qual é a postura que você tem adotado diante das oportunidades? Não perca mais tempo esperando para receber sua cura, supere suas dificuldades e veja o seu caráter ser trans-formado. Se veja como a pessoa certa para receber o que Deus já preparou para lhe entregar: cura e provisão, mas especialmente a salvação.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

All articles loaded
No more articles to load
Agenda da Semana Agenda da Semana
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Send this to a friend