Um Líder tem Base Familiar

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
liderbasefamiliar
liderbasefamiliar

Marcos 5:1-14

O “Ide” de casa em casa para anunciar o Evangelho do Reino de Deus, é ordem do Senhor!

Quando imagino o gadareno voltando para casa, com uma nova identidade, um caráter novo e estrutura de pessoa totalmente curada, vejo que as casas podem se tornar um Modelo Bíblico. Quando Jesus curou o gadareno, 10 cidades se abriram para Jesus por causa de uma libertação. Quando acontece uma libertação legítima, as portas das casas se abrem!

Precisamos conhecer o poder de uma libertação. Coisas incríveis acontecem como:

1. A libertação muda o histórico pessoal
2. A libertação muda o histórico da família
3. A libertação muda o histórico da geografia

As 10 cidades originais são: Damasco, Filadélfia, Rafana, Citópolis, Gadara, Hipo (Hipos), Díom, Pela, Galasa (Gerasa) e Canata. Cada uma delas tem um histórico poderoso pois se abriram para Jesus, suas casas receberam boa notícia. Quando a libertação é legítima as geografias se abrem para nós. Se você tirar os demônios da sua geografia Jesus salvará todo seu território.

Atos Proféticos limpam os céus da nossa geografia! Atos Proféticos consertam nossa casa e tiram o anjo do julgamento (Mensuzah). Lembram das casas no Egito?! Uma ação profética de autoridade abre portas inimagináveis.

Vamos lá, a expressão “de casa em casa” vem do grego _kat’oikon_ que em hebraico é _Beite_ = Casas. As palavras faladas por Jesus Cristo: “Ide, portanto, e fazei discípulos”, enfoca em primeiro plano as CASAS.

Quando entramos nas casas, manifestações poderosas são visíveis. Nossa casa é um lugar da credibilidade. Não existe campo de credibilidade como nossa casa, não existe lugar mais poderoso que a nossa família.

O testemunho é bonito em qualquer lugar, mas só tem relevância se houver mudança na nossa casa. Se nossa família atesta nosso testemunho, ele será o nosso campo de atuação e respaldo, mostrando que, de fato, fomos libertos, curados e restaura-dos. Qualquer vergonha na nossa casa fere toda nossa geografia. Qualquer honra na nossa família respalda todo território.
“Você não poderá estar comigo antes que sua família veja o que eu fiz na sua vida” – este foi o entendimento que Jesus passou ao gadareno, porque toda libertação, cura e restauração, efetuadas por Jesus deverão ser confirmadas na nossa família. Nossa casa é o reduto que atesta a nossa cura ou rejeita, ou respalda nossa hipocrisia.

Queremos testemunhar nos lugares distantes e não temos testemunho aprovado na nossa própria casa. Está errado! Tudo começa pela família: o sonho de Deus é família.

Ordem de Jesus: “Jesus olhando para o gadareno disse: não venha conosco, vá conte tudo na sua casa para que o Nome do Senhor seja glorificado”. Se a nossa casa viveu traumatizada pelo nosso passado, essa mesma casa merece viver as delícias da nossa libertação.

“Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus parentes, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti. E ele foi, e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilharam.”

Nossa casa será o primeiro lugar que precisa receber a boa notícia da nossa mudança.

Quando Jesus entra em uma vida faz a história diferente e constrói um avivamento legítimo. A família conhece nosso passado, vê o nosso presente e espera nosso futuro. Vamos ornar nossa casa com um testemunho aprovado, os territórios novos se abrem e o lar ganha uma identidade nova.

Chegou nossa hora! As bases de Gadara, essas ações do inferno, não ficarão no nosso território. Temos crido que um novo nível de libertação virá e nossos territórios serão ampliados.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend