Ainda Há Lugar

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
haumlugar
haumlugar

Lucas 14:15-23

Todos vocês já “foram convidados” para algum jantar especial. Dependendo do lugar e de quem vai estar numa festa, a corrida pelos convites é muito grande, há disputa pelos melhores lugares e uma corrida pelas melhores roupas e penteados, porque afinal não podemos ir de qualquer jeito.

O texto que lemos fala de um “importante fariseu”. Ele está sentado à mesa em um banquete, ou seja, uma comida festiva preparada para pessoas especiais com as quais ele desejava ter algum tipo de comunhão. Ao ver aquela situação o Messias tem uma reação.

Um dos que estavam com ele na mesa disse: “Feliz será aquele que comer no banquete do Reino de Deus”, de certo ele espera um pouco, abaixa a cabeça, dá um pequeno sorriso e começa a ensinar através da sua parábola, onde o “certo homem” representa Jesus, e o banquete a festa que há no céu quando nos rendemos a Ele e O aceitamos.

Jesus disse: Muitos foram convidados, e isto nos deixa claro que o convite para sentar à mesa com Jesus não é exclusivista. Estar em comunhão à mesa com Jesus é um jantar de gala, onde todos os que tem sede e fome podem saciá-la (Ap.22:17), pois ele é o pão vivo que desceu do Céu!

Porque ainda há lugar? Jesus nos mostrou através desta parábola 3 dos principais motivos que ainda deixam lugares vazios na sua mesa:

1) BENS E RIQUEZAS – Vs.18

Muitas pessoas estão muito mais preocupadas com os seus bens do que com Deus. Este convida-do disse: “Acabei de comprar uma propriedade e PRECISO IR VÊ-LA, por favor, desculpe-me”, em outras palavras: Acabei de adquirir algo muito importante, e não tenho tempo para Deus, se puder, desculpe-me, e se não tudo bem, eu vou assim mesmo, pois PRECISO IR VÊ-LA.

Pense um pouco. Você compraria uma grande propriedade sem olhar antes? Claro que não. A desculpa deste convidado é uma mentira deslava-da que o leva a dois problemas muito sérios: O primeiro está em João 8:44 – A pessoa que mente não pertence a Deus, pertence ao diabo e não quer fazer a vontade de Deus e sim do Diabo. O outro problema são as riquezas propriamente ditas. Estas coisas sufocam a vida do homem e não permitem que a palavra germine no seu coração. É o que aprendemos na parábola do semeador em Mateus 13:22.

2) TRABALHO – Vs.19

Juntas de bois eram utilizadas para TRABALHO, e o trabalho é um fator muito difícil de administrar e, se mal cuidado, pode tirar você a mesa da comunhão de Deus ou impedi-lo de chegar até ela. Veja, o que este convidado está dizendo é: “Eu estou tão ocupado que uma junta só de bois não me serve, eu precisei comprar cinco de uma só vez para suprir as minhas necessidades no trabalho e por isto não tenho tempo para Deus, me perdoe se puder, mas se não puder eu vou mesmo assim (estou indo…).”

O trabalho é, definitivamente, uma benção do Senhor quando bem utilizado. O trabalho não pode ser um impeditivo para estarmos à mesa com o Senhor. Sl.37.5 – “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e Ele o fará” – não somos nós que fazemos é Deus.

3) FAMILIA – Vs.20

Encontramos aqui um homem, ou quem sabe um jovem que havia acabado de contrair matrimônio e consequentemente constituir uma FAMÍLIA, e por incrível que pareça a família é um dos grandes motivos que impedem o homem de estar sentado à mesa com o Senhor.

A mãe que não deixa o filho ir à igreja porque tem outras convicções; o esposo que não deixa a esposa ir à igreja por achar perda de tempo; o casal recém casado que pretende aproveitar todo o tempo junto e se esquece de Deus, mas na verdade se esquece também que o casamento representa a união entre Deus e a Igreja, e não há como fazer isto se não estiver recebendo alimento espiritual. Nesta passagem vemos isto claramente, o que o homem está dizendo é: “Meu senhor… eu acabo de me casar, minha bela esposa está me esperando em casa para um belo jantar e uma bela noite de amor, e você espera que eu vá à igreja! Mas de Jeito nenhum! (não posso ir…)”.

Em Lucas 14:26 está escrito: “Se alguém vem a mim e ama o seu pai, a sua mãe, a sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, até a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo”. Para sentar-se à mesa você precisa atender prontamente o chamado de Deus.

No versículo 21, outro discípulo se aproxima de Jesus e diz: “Senhor, deixa-me primeiro ir sepultar o meu pai”. Jesus respondeu: “Siga-me e deixe que os mortos sepultem os próprios mortos”. De acordo com a cultura judaica, o filho caçula só poderia sair de casa quando sepultasse o seu pai. Isto poderia acontecer em um dia, ou em mais 50 anos. E não havia este tempo, o chamado era urgente. assim também é nos dias de hoje; o chamado de Deus para a sua vida é urgente!

Deus está te chamando hoje! Agora! Tome uma atitude diante do chamado de Cristo e aceite-o!

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend