Ressurreição de Jesus

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
ressurreicaodejesus
ressurreicaodejesus

Texto: João 20:11-18

Jesus morreu, mas a morte não foi vitoriosa – Ele ressuscitou! Porém, antes de subir definitivamente ao Pai, até a segunda vinda, Ele tinha que dar mais algumas instruções aos seus discípulos.

Os discípulos de Jesus estavam entristecidos com a ausência do seu Mestre. Entre eles havia uma mulher que estava sofrendo muito. Ela viu os anjos do Senhor que estavam ali, onde Jesus tinha sido sepultado. Maria reconhecia que Jesus era verdadeiramente o Filho de Deus que tinha morrido e haveria de ressuscitar.

– Jesus nos conhece, e nos chama pelo nome, sabe de nossas tristezas e está sempre pronto a nos dar apoio;

João 20:16

É interessante notar que Jesus chamou Maria pelo nome, e Maria também o reconheceu. Ela não reconheceu Jesus pela sua aparência, ela entendeu que era Jesus, quando Ele a chamou pelo nome.

Pois como está escrito em João 10:14 “Eu sou o Bom Pastor; conheço as minhas ovelhas e elas me conhecem a mim.”

– Às vezes, as situações nos fazem pensar que Jesus não olha para nós;

Dois dos discípulos de Jesus, no caminho de Emaús, estavam decepcionados, mas Jesus estava andando lado a lado com eles e eles não o reconheceram.

Os dois discípulos estavam decepcionados porque, também, não tinha tido nenhum sinal da ressurreição de Jesus.

Quando já estavam próximos da aldeia, Jesus ia adiante e eles o constrangeram a ficar. Jesus entrou e estava à mesa com eles, e quando iam se alimentar, eles O reconheceram. Então Jesus desapareceu. Eles entenderam todo o dialogo no caminho de Emaús, e voltando a Jerusalém para reunir-se com outros.

Cristo estava andando com eles, e eles não O reconheceram. Seus olhos estavam impedidos, isso significa que havia na vida daqueles discípulos alguma coisa que impedia, podia ser a decepção que estavam tendo. Mas Cristo os fez entender que Ele estava ali, com eles. E isso acaba de uma vez com aquela decepção.

– Os atos de Jesus, nos mostram quem realmente Ele é.

Os discípulos estavam temerosos por causa dos judeus, que os estavam perseguindo, os discípulos se reuniam de portas fechadas. Num desses momentos, Jesus apareceu a eles e mostrou as marcas dos cravos e da lança.

Mas um dos discípulos, Tomé, não estava presente à reunião e duvidou do que seus companheiros haviam contado. Passados oito dias, estavam novamente reunidos, e Jesus apareceu. Desta vez, Tomé estava presente e Jesus tirou-lhes as duvidas e deu-lhe uma boa lição.

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem aventurado os que não viram e creram.” João 20:29

Em outra ocasião, Jesus apareceu aos discípulos, no mar. Eles nada tinham pescado. Então Jesus orientou-lhes o lado que deveriam lançar a rede. Jesus mostrou seu poder e eles tiveram uma grande pescaria, e logo reconheceram que era o Senhor.

Todas as aparições de Jesus, e os sinais que Ele operou fizeram com que os discípulos cressem que Ele não os deixaria órfãos. Jesus estava dando vida, ânimo, estava dando a eles motivos para cumprir seu mandamento de ir e pregar o evangelho.

No texto de Marcos 16:14-20 Jesus deixa as últimas recomendações aos seus discípulos, antes de ser elevado ao Pai. Recomendações que servem para nós também que somos discípulos de Jesus.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend