A manifestação da Glória de Deus

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
gloriadedeus
gloriadedeus

TEXTO:Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?”. (João 11:40)

A vontade de Deus sempre foi que o homem vivesse no nível do sobrenatural. Quando Deus criou o homem e a mulher, lhes disse que eles era a imagem e semelhança de Deus, e todos os dias o Senhor os visitava no jardim, para consolidar o coração do primeiro casal da terra, e fazer-se, cada vez mais, conhecido deles.

A própria criação já foi uma grande manifestação da Glória de Deus. Imagine tudo a sua volta sendo criado por apenas uma palavra. Que tremendo! Ao fazer um desenho no barro no formato de uma pessoa, e modelar a terra, parecia apenas uma brincadeira de criança, mas quando Deus soprou no nariz do homem, aquele barro tornou-se vivo, recebeu a vida de Deus.

Deus manifesta Sua glória desde a criação, mas por causa do pecado, o homem perdeu o privilégio de ver a glória de Deus. No entanto, quando Jesus veio a esta terra, Ele encontrou pessoas caídas, perdidas no pecado, presas nas religiosidades e tradições.

Está escrito que “sem santidade, ninguém verá a Deus” (Hebreus 12:14), ou seja, Jesus precisava restaurar o homem para que ele pudesse novamente ver a Deus, ter experiência com a Glória e a Presença de Deus. E foi exatamente isso que Ele fez.

Ao ressuscitar Lázaro depois de morto há 4 dias, Jesus demonstrou o Seu poder sobrenatural, e deixou todos espantados com a manifestação da Sua glória, pois era algo que eles nunca tinham visto antes.

Também foi assim com Talita, a filha de Jairo, que foi ressuscitada por causa da fé de seu pai; cumprindo o que está escrito no versículo lido no começo da ministração – o privilégio de ver a Glória de Deus é para aqueles que creem, aqueles que tem fé.

E no deserto, quando uma grande multidão estava com fome, Jesus manifestou o Seu poder mais uma vez multiplicando 5 pães e 2 peixinhos, de forma que todos puderam comer e ainda sobrou. Nos ensinando que quando buscamos ao Senhor, ainda que no deserto das dificuldades, e quando somos gratos a Ele pelo pouco que temos, o Senhor faz multiplicar e supre todas as nossas necessidades.

Só um Deus tão glorioso poderia nos amar, aceitar e cuidar de nós assim. Por isso precisamos aprender a valorizar a presença de Deus; aprender a respeitar a visitação e a manifestação da Glória de Deus, pois este é o sinal de que Ele não apenas está conosco mas, está vivo dentro de nós.

Quando você faz a obra do Senhor, cuida de vidas, preocupa-se em agradar a Deus em primeiro lugar, quando você exerce a sua fé e entrega o que você tem nas mãos do Senhor, em gratidão a Ele por quem Ele é, você está abrindo as portas para a manifestação da glória de Deus na sua vida.

4 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend