A cruz e seus inimigos

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
osinimigosdacruz
osinimigosdacruz

Filipenses 3:17-21; 4:1

Como alguém pode tornar-se inimigo da cruz de Cristo? Inimigo do amor, da graça, da misericórdia, da maior expressão de perdão pela humanidade? Que inimigos são esses?

O apóstolo Paulo era um modelo e desafiava a Igreja a imitá-lo. Por quê? Porque ele sabia que existiam os falsos apóstolos, falsos mestres, falsos obreiros, que influenciavam a Igreja ensinando dou-trinas estranhas ao evangelho. Ele nos ensina a ter cuidado e confrontar os falsos líderes (Fp.3:2).

A falsa circuncisão tentava tirar as pessoas do caminho da cruz, mostrando um caminho de regras e cerimonialismos que precisavam ser cumpridos. O perigo que corremos é de cair na religiosidade e nos afastar do caminho da Cruz.

Não podemos tentar viver um evangelho sem cruz porque não funciona. O que é viver esse evangelho com Cruz? A cruz é a porta do Reino de Deus.
Existem características que identificam os inimigos da cruz de Cristo:

1. Egoísmo

Os inimigos da cruz se caracterizam pelo interesse próprio. Tem pessoas que não estão dispostas a se entregar a Cristo e ao Seu chamado. Estão muito confortáveis no pecado, nas práticas ilícitas e acham o preço da renúncia muito alto. Mas a Cruz é entrega, renúncia, morte para si mesmo.

O evangelho da cruz não é de conforto, mas de confronto. Por isso, incomoda a muitos. O confronto é a semente para a cura. Se quisermos ser cura-dos e libertos precisamos ser confrontados com a Palavra da Cruz.

2. Orgulho da vergonha

Tem orgulho do que deveriam se envergonhar. Coisas vergonhosas são as que afetam o testemunho cristão, a moral, os valores éticos, bem como os princípios éticos. Is.24:4-6.

Quem não está disposto a morrer para si mesmo certamente vai agir pela carne, vai negar a fé, os valores, os princípios e estatutos estabelecidos. Mesmo que seja aprovado diante dos homens, não posso me aliar aos que fazem mal. Uma pessoa que não está consolidada nos princípios é facilmente influenciada para o pecado.

3. Preocupam-se com as coisas terrenas

São pessoas que procuram a excelência dos seus próprios projetos, mas não se preocupam com os projetos do Reino de Deus. Vemos tantas coisas feitas com excelência e nobreza, mas são apenas coisas materiais. Se olharmos por outro lado vemos os relacionamentos se deteriorando.

Preocupam-se tanto com as coisas deste mundo que não tem tempo para o Reino. Col.3:1-3 – quem morreu para este mundo não tem tempo mais para ele. O evangelho sem cruz está em todo lugar, nós não podemos ser coniventes com ele.

Quem vive pela cruz sabe que é cidadão dos céus e se identifica com os valores dos céus; não se identifica e nem almeja o estilo de vida do mundo.

Quando você se identifica com a vida da cruz, você se identifica com a vontade de Deus. Só a cruz pode nos separar deste mundo, do seu estilo de vida pecaminoso. Nossos pensamentos e nosso coração devem estar voltados para o Reino.

4. Fazem feitiçaria evangélica

Eles torcem pelo mal dos irmãos. Se auto intitulam líderes, pastores, mas são insubmissos a liderança. São facilmente reconhecidas por ficarem ‘caçando presas’, procuram os novos na fé, não se preocupam em fazer discípulos, mas em roubar discípulos. Procuram pessoas vulneráveis, descon-tentes, desanimados, e semeiam palavras enganosas.

O discipulado é nossa proteção. Se estivermos debaixo de um discipulado estamos protegidos. A aliança nos guarda e nos protege do lobo. Se você quiser estar seguro então você tem que estar no meio do rebanho. Todo aquele que se isola, se afasta, se torna presa fácil do diabo. Deus não te projetou para andar sozinho. Ovelha distraída e desconectada é presa fácil das feras. Pv.18:1.

Precisamos buscar líderes que são modelos para nós, exemplos a serem seguidos. PV.23:9 – quando você vê alguém acabando mal é porque seguiu um tolo. Quem anda com líder de aliança conquista.

5. Não querem andar em aliança

Jesus fez aliança conosco na Cruz. Só andamos em aliança se morrermos, porque aliança é renúncia. Se você não decide morrer, você vive só. Não existe aliança sem cruz. Inimigos da cruz são inimigos da aliança.

Não há maior tristeza para um líder do que vê a Igreja indo para um caminho falso. Evangelho de Cruz não é fazer o que gostamos, mas fazer o que Deus quer e o que Deus gosta. Todos os dons e ministérios cumprem um só propósito. O chamado de Deus é para salvar vidas através de um relacionamento. Muitos querem um evangelho que os caiba, que se ajuste as suas vontades, mas quem assim o faz não causa nenhum problema sequer para o inferno. Você foi chamado para viver uma vida de Cruz, assumir um relacionamento sério de aliança com Deus, e viver segundo a Sua vontade.

Estamos na Visão Celular no MODELO dos 12. É uma visão que nos chama a ser Modelo. Só através da Cruz é que o caráter de Cristo se mani-festa em nós. É impressionante como as pesso-as facilmente seguem quem não é modelo. Fp.4:1 – ser firme é estar voltado totalmente para a Cruz.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend