Débora, uma guerreira de fé

[social-share-display display="1561552678" force="true"]
e3boramulherguerreiradafe
e3boramulherguerreiradafe

TEXTO: “Um ao outro ajudou, e ao seu companheiro disse: esforça-te”. (Isaías 41:6)

É muito fácil encontrar pessoas para nos desanimar, nos fazer desistir dos nossos sonhos, dizer que as coisas não vão dar certo. A maioria dessas pessoas são egoístas, só pensam em si mesmas, querem sempre ser melhores e estar à frente dos outros. Ou então, se não são egoístas, são invejosas, desejam o mal pro outro só porque queriam o sucesso dele.

Quando olhamos para a Palavra de Deus, vemos que esses sentimentos não provém do Senhor, e pelo contrário, Ele deseja que tenhamos exatamente o oposto. Egoísmo e inveja são sentimentos malignos. Jesus nos ensina a amar o próximo como a nós mesmos, e ajudar uns aos outros, porque Ele mesmo veio a este mundo para servir, e nós devemos seguir Seu modelo. Por isso precisamos da fé, para acreditar que a Palavra de Deus é verdadeira e pode se tornar viva em nós; precisamos de fé para vencermos esses sentimentos malignos e sermos cada dia mais parecidos com Jesus.

Na Bíblia encontramos a história de uma mulher chamada Débora. Ela foi juíza em Israel, e ficou conhecida por ser uma mulher de fé, que se relacionava com Deus. Ela não tinha o desejo de ser melhor ou superior a ninguém, não queria “aparecer” e nem desejava estar no poder. Débora queria servir a Deus. E em tudo na sua vida, ela dava todo crédito à Deus, reconhecendo que tudo era Dele, por intermédio Dele, e para glória Dele.

Débora gostava de sentar em baixo da palmeira e ali buscar a Presença do Senhor, e também profetizar sobre o povo e ajudar os que vinham buscar direção. As palmeiras são plantas fortes, bonitas e grandes, mas também com as raízes muito profundas, buscando as águas mais fundas. Assim  podemos entender de onde vinha a força e a sabedoria de Débora (e a nossa também) – somos fortes quando estamos na Presença do Senhor, somente assim estaremos capacitamos para ajudar outros. Precisamos aprender com Débora a estarmos sempre buscando ao Senhor. Aprender a sempre estarmos disponíveis para o Senhor e para os outros. Aprender com ela que mais importante do que o que não podemos fazer, é saber o que o Senhor pode realizar através de nós.

Em um dos dias que Débora estava ali embaixo da palmeira, e lhe chegou a notícia de que o rei inimigo estava vindo com seus exércitos contra Israel. Ela chama Baraque, um general de guerra, diz a Ele que vá pelejar porque o Senhor daria vitória, mas Baraque tem medo e diz “Só irei, se fores comigo” (Juízes 4:8).

Débora então prontamente se levanta para ir à guerra com Baraque. Ela não temeu por ser mulher, por não saber táticas de guerra, ou qualquer outra coisa. Ela tinha total confiança na vitória que o Senhor daria ao povo de Israel.

Nós não podemos ter medo. Precisamos aprender com esta mulher que as vitórias na nossa vida vêm do Senhor. E nós só precisamos crer! Todos nós temos Baraques na nossa vida, pessoas que precisam de nós, da nossa palavra de ânimo e do nosso apoio. Que você possa aprender com Débora a ser alguém que vai trazer coragem ao seu irmão, que vai ajudar o outro, que vai acreditar no sucesso do outro, sem deixar que o inimigo plante no seu coração sentimentos maus.

Busque sempre ao Senhor. Seja como a palmeira, uma grande pessoa em Deus, que sobrevive em regiões difíceis, desertos, porque busca as águas mais profundas. Seja alguém que busca as profundezas de Deus, porque assim, com certeza você vai experimentar vitórias na sua vida. Somos guerreiros neste exército, e o nosso general é Jesus Cristo. Ele nunca perdeu uma batalha, e Nele somos feitos mais que vencedores.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend