Vivendo uma conquista sobrenatural

[social-share-display display="1561552678" force="true"]

Josué 9:1-27

Deus quer nos levar a uma conquista sobrenatural. Assim como ele prometeu a Josué, Ele tem nos prometido. Todavia, sempre que estamos às portas de uma grande conquista, o Diabo se levanta com sutilezas para tentar nos impedir de avançar.

Por isso, toda conquista implica em guerras, sabotagens e sutilezas do inimigo. Se ele não consegue nos vencer pela força, ele tenta se infiltrar em nosso meio para nos frear.

Se quisemos avançar, precisamos aprender nessa experiência de Josué com os gibeonitas as seguintes lições:

I – O ANDAR PELO QUE VEMOS (Vs.3-6)

O Senhor havia proibido que os israelitas fizessem aliança com os cananeus (Ex.23:32; 34:12; Dt.7:2). No entanto, os gibeonitas, habitantes de Canaã, vendo que a guerra já estava perdida, procuraram fazer uma aliança com Israel. Nesse capítulo 9 vemos o relato de como os gibeonitas enganaram os líderes das tribos e obtiveram um pacto de submissão a Israel (9:3-15). O vs.14 revela porque os israelitas foram tão facilmente enganados.

O que nós aprendemos com essa aliança de Josué com os Gibeonitas? Que andar no natural limita a nossa conquista.

Josué se deixou levar pelas aparências e foi facilmente enganado. Os homens eram de um povo vizinho, mas para enganar Josué, fingiram que estavam viajando de uma terra muito longínqua, usaram roupas velhas, san-dálias rasgadas, pão bolorento e, como Josué e os anciãos, naquele momento, julgaram apenas pelo que viram, foram enganados.

II – O ANDAR PELO QUE SABEMOS (Vs.14)

Josué fez uma aliança baseada nas informações que os gibeonitas deram para ele. Ele pegou aquele conhecimento natural e tomou uma decisão que influenciou até os dias de hoje a vida da nação de Israel (Vs.14).

Josué era um grande homem de Deus. Mas nessa hora ele falhou em ouvir a voz do Espírito. Tomou uma decisão baseada no seu conhecimento natural, sem consultar ao Senhor.

– Nós temos que buscar a sabedoria que vem de Deus. Porque a nossa mente é limitada (Rm.11:33).

– Os gibeonitas estavam com tanto medo que eles estariam dispostos a fazer qualquer coisa que Josué exigisse. Mas ele só exigiu deles o trabalho forçado (Js.9:22-24).

– Se ele tivesse consultado a Deus antes ou depois ele teria exigido do povo santida-de. “Nós somos um povo santo. Se você quer caminhar conosco precisa viver em santida-de.”

III – O ANDAR BASEADO NO QUE PODEMOS (Vs.9-11)

Veja, uma das estratégias dos gibeonitas foi se oferecerem como trabalhadores, servos na terra que o povo haveria de conquistar. E Josué naquele momento pensou que esse seria um bom negócio. Talvez ele pensou: “Não temos o suficiente… vamos precisar das habilidades deles, vamos precisar do conheci-mento deles, vamos precisar de mais gente”.

Uma das coisas que o Diabo usa muito para limitar nossas conquistas é nos fazer pensar: “Não temos o suficiente” ou “Não po-demos”.

A conquista sobrenatural acontecerá quando nós nos dispormos a crer na promessa de Deus. E quando ele diz que nós vamos conquistar, nós temos que repetir o que ele nos falou. Sim, nós podemos!

– Quando o Diabo tentar enfraquecer sua fé, diminuir seu potencial e dizer que nós não temos dinheiro ou que nós não podemos, nós vamos levantar nossa voz e dizer: “Sim! Pode-mos!”

– Uma conquista sobrenatural existe de nós uma postura espiritual. Temos que andar e nos mover no espírito. Não podemos ser homens naturais. Que o Senhor abra os nossos olhos e nos faça enxergar tudo que Ele tem colocado diante de nós.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Veja outros

Agenda da Semana
Send this to a friend