Taking too long? Close loading screen.

Desistir não é uma opção

0

Gênesis 41:51-52

José deu estes nomes aos seus filhos porque era costume judaico dar nomes aos filhos segundo o significado ou circunstancias que estivessem passando. No nome dos seus filhos, vemos uma projeção, uma meta, uma sinalização para o futuro.

O momento da existência em que José dá aos seus filhos o nome de Manassés e Efraim, é o momento entre a superação e o melhor de Deus para sua vida. Ainda que a superação fosse uma realidade, o melhor de Deus para José ainda não estava completo, mas ele já tinha motivos suficientes para declarar o que significava cada nome escolhido.

Podemos repartir da vida de José em 3 fases distintas, e das quais tirarmos lições de aprendizado, força e fé.

1. A fase da provação ou forjamento de caráter (Gn.37:1-28), que se inicia com a narrativa de um sonho, correspondeu em permanecer firme e incorruptível em todas as dificuldades enfrentadas. Esta é a fase que José viveu os fatos da sua escalada: ser desacreditado, ser vendido, ser entregue à morte. É a fase que a luta é pela sobrevivência. Aqui, se esquece riquezas, vaidades e futilidades. Aqui, José só pensa uma coisa: “como sair desta”?!!

2. A fase da superação, quando José declara o nome de seu filho Manasses: Deus me fez esquecer, ou seja, disse ele, EU NÃO ME LEMBRO MAIS. Mas do que ele poderia lembrar? A resposta: de todas as agruras do seu passado! Fase da superação é conquista – quando você decide deixar para trás as suas tristezas e dores da alma. Já não são as dores físicas, são dores da alma. José estava com o coração aberto e limpo para receber o que Deus tinha para ele. Jamais guardou mágoas em seu coração. Pessoas encontram muitas justificativas para continuarem com suas mágoas, mas nenhuma justificava humana poderá resistir à palavra de Deus que manda perdoar não somente uma vez, mas setenta vezes sete!

3. A fase do melhor de Deus é sinalizada com a declaração do segundo filho, Efraim: “E o nome do segundo chamou Efraim, porque disse: Deus me fez crescer (prosperar) na terra da minha aflição” (Gn.41:52).

Antes do triunfo propriamente dito de José, ainda lhe sobreveio novas aflições na terra do Egito. A acusação falsa da mulher de Potifar. A injustiça de Potifar e o cárcere de Faraó. Mas foi na terra da injustiça, ao mesmo tempo que guardou a santidade ao Senhor, que Deus o prosperou e lhe fez crescer. Neste momento que José é colocado no cárcere como estuprador, nada sustentaria a sua fé para a conquista do seu sonho. Um homem dentro de uma prisão, onde o tempo de pena era determinado ao bel prazer de Faraó, acrescido à acusação de estupro, poderiam ter frustrado completamente a visão que José guardava em seu coração.

Mas Deus não se prende a paredes de celas e todas a experiências de José iam lhe conduzindo para o lugar onde Deus queria levá-lo. Cada guerra enfrentada, o fazia chegar mais perto do proposito final. Deus não falava a José o que estava fazendo, apenas em silencio, o conduzia ao destino que lhe prometeu.

Os momentos de aflição não são compreendidos quando passamos por eles. Se não gerar Manassés, também não virá Efraim. Se não vier primeiro o forjamento de caráter, a libertação das mágoas com a capacidade de perdoar, você não poderá gerar também a prosperidade e o crescimento de sua vida.

Depois que aprendermos agir em meio às tribulações como José agiu, certamente o Senhor nos fará crescer na terra das nossas aflições. Se guardarmos a Sua palavra e andarmos nos Seus mandamentos, o sol da justiça brilhará e o Senhor nos fará crescer e prosperar, onde quer que estejamos.

José jamais foi vencido pelas circunstancias porque jamais desistiu de caminhar na direção da promessa. Hoje é dia de gerar Manasses, de perdoar, de esquecer, de mudar de rumo, de fazer novas escolhas. Talvez sua vida esteja sendo sempre a primeira fase da vida de José, ou seja, vivendo somente de provações, sofrimentos e dores. Mas Deus quer que você avance para a segunda fase e supere esta dor que te prende à fatos passados e te paralisam.

São como dores de parto a fase da superação, mas se você não superar, Efraim (crescimento, prosperidade) não é gerado e se não é gerado, também não nascerá! A terceira fase depende de você suportar a primeira e ser aprovado na segunda. Esta fase está em Jesus Cristo, pois Ele lhe dará o melhor para a sua vida!

 

Deixe uma resposta